TRICAMPEÃO DA STANLEY CUP! LET'S GO PENS!

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Pittsburgh Colors - Nossas jerseys, nossa história

Quando os Penguins fizeram sua estreia em casa na NHL, no dia 11 outubro de 1967, a equipe usava as cores azul escuro, azul claro e branco. Tanto o uniforme titular (branca) quanto o reserva (azul claro) tinham simplesmente a palavra "Pittsburgh", escrito em diagonal na frente da camisa, com três listras azul escuras em torno das mangas e na parte inferior. O logotipo, embora não presente na camisa, era caracterizado por um pinguim com um lenço jogando hóquei sobre um triângulo invertido, simbolizando o triângulo dourado do centro de Pittsburgh. O pinguim e o triângulo foram criados dentro de um círculo com o nome da equipe.

Na temporada seguinte (1968-69), os uniformes foram alterados para que o logotipo aparecesse nas camisas de jogo. O logotipo permaneceu essencialmente o mesmo, embora o pinguim já não estivesse mais vestindo o cachecol. O uniforme branco, o titular na época, tinha uma larga faixa azul escuro em volta de cada manga e na parte inferior, enquanto a camisa azul claro tinha largas faixas brancas. Foi neste uniforme azul que foi inspirado o do Winter Classic 2008, posteriormente usado como alternativo em temporadas seguintes.


Os uniformes foram alterados novamente quatro anos depois (1972-1973). O círculo em torno do logotipo foi removido, deixando apenas um pinguim com um stick e um triângulo. Foram adicionados aos uniformes inserções de cor sobre os ombros, além de algumas pequenas modificações durante o período de 1972 até 1980.

Em 30 janeiro de 1980, os pinguins se vestiam de preto e ouro pela primeira vez. Com o Steelers vencendo o Super Bowl e os Pirates a World Series em 79, os pinguins, para ganharem um apoio maior dos fãs, igualou as suas cores às das outras equipes da "Cidade dos Campeões". E aqui vão três curiosidades sobre o fato. A primeira é que o Boston Bruins protestou contra a mudança, alegando que detinha o monopólio dessas cores, mas os Penguins contra-argumentaram que já houvera outro time em Pittsburgh que usava o preto e dourado (Pittsburgh Pirates, nos anos 20), por isso a liga permitiu a mudança. A segunda é que poucos sabem que as cores da bandeira e do brasão da cidade de Pittsburgh são preto, dourado e branco. E a última curiosidade: trinta anos depois de duas equipes de Pittburgh vencerem as ligas major americanas (NFL, NHL, MLB e NBA) no mesmo ano com o Steelers e o Pirates, o fato ocorreu de novo em Pittsburgh, com o Steelers ganhando o Super Bowl e o Penguins faturando a Stanley Cup em 2009, concretizando de vez Pittsburgh ser conhecida como a "Cidade dos Campeões".

Os novos uniformes dos Pens eram do mesmo projeto que os anteriores, com o preto substituindo o azul escuro e o dourado substituindo o branco, e vice-versa no segundo uniforme. A partir de 1981-1982 até a temporada de 1984-85, o time alternou vestindo camisas brancas e ouro em casa. E foi nessa época e com esses uniformes que o Penguins conquistaram suas duas primeiras Stanley Cups.

Os uniformes preto e ouro permaneceram inalterados até 1992-93, quando o triângulo e o logotipo foram modernizados. A camisa branca (que era a titular na época) apresentou o novo logotipo na frente e no ombro. A camisa preta tinha o nome da cidade em diagonal na frente, bem como nos uniformes da equipe original, com o novo logotipo em cada ombro.
Durante a temporada 1995-96, os pinguins foram um dos cinco primeiros times da NHL a introduzir uma terceira camisa. O novo uniforme dos pinguins, que fez sua estréia em 27 de janeiro de 1996, contra o Philadelphia Flyers, foi caracterizado por um fundo preto com um novo design de logotipo modernizado, incluindo um striping inovador e uma mistura de cores da equipe. Esta camisa eventualmente substituiu o preto "Pittsburgh", em 1997-98, e serviu como uniforme da equipe longe do Igloo.

Durante a temporada 1999-00, os Penguins introduziram uma nova terceira camisa com um olho para o passado. O suéter preto ainda apresentava o popular pinguim jogando hóquei, semelhante ao que a equipe usava durante 1991 e 1992 quando foram campeões da Stanley Cup; a única diferença era a adição de cores mais recentes, como o Vegas Gold. Essa camisa e o seu homólogo branco viraram os uniformes oficiais do time em 2002, e o preto começou a ser usado em casa.

http://cdn.nhl.com/penguins/images/upload/2008/10/2007rbkjersey1.jpgDurante a temporada de 2007-08, os novos uniformes dos Penguins faziam parte de um novo modelo: o Reebok EDGE - sistema projetado para atender às exigências de desempenho do jogador da NHL de hoje. Depois de dois anos, a NHL e a Reebok criaram um sistema de uniforme que apresentava materiais tecnologicamente avançados e tecidos que são mais respiráveis, mais resistentes à água, mais confortáveis e mais compatíveis com o equipamento. O logo e as cores dos Pens permaneceram as mesmas, embora tenha havido algumas alterações na distribuição de linhas e cores nos lados da camisa. E não foram apenas as camisas que mudaram, as meias e as calças foram melhoradas para aumentar o desempenho também. A introdução destes novos uniformes no início da temporada marcou a primeira vez na história do esporte profissional norte-americano que um uniforme de inovação tenha sido implementado em toda a liga.

Concluindo a matéria, existe muita história sobre as cores e os símbolos usados nas jerseys do nosso Pittsburgh Penguins, um dos mais tradicionais times da NHL. Não deixem de comentar! E para finalizar: Let's go Pens! Mais gloriosas histórias estão para ser escritas!

Comentários
1 Comentários

1 comentários:

P.A Coimbra disse...

Grande matéria! Sensacional Caio... Eu particularmente prefiro nossa fase em dourado, preto e branco!

Postar um comentário